Bom, se você caiu aqui de paraquedas e assim como eu, antes de estudar sobre o assunto não fazia ideia do que se tratava, então fica tranquilo (a) que a gente vai deixar o mais fácil possível pra você entender tudinho desse assunto!

Bom, antes de tudo, precisamos saber que 1 em cada 20 brasileiros não possui acesso a água tratada.

Para alguns a cisterna é um redutor de conta de água, enquanto para outros ela acaba sendo a única solução para as pessoas que não são abastecidas graças ao mau uso e uso excessivo da água!

Estamos falando aqui de um mecanismo que tem exatamente esse objetivo: economizar!

O sistema de captação de água, ou cisterna, nada mais é que um armazenador de água da chuva para reuso doméstico.

Esse é um dos sistemas mais eficazes quando falamos sobre reuso de água.

Isso porque, a partir de um único ponto de captação é possível distribuir a água da chuva coletada para regar jardim, lavar carro e acionar a descarga, podendo gastar em média 12 litros em 6 segundos privadas com válvulas sem defeitos.

Quando a válvula está com problemas, essa quantidade pode chegar dobrar e chegar até 30 litros. É MUITA COISA, NÃO?

Por isso, adicionar essa solução ao seu projeto e adaptar sua casa, apartamento, condomínio, fazenda ou sítio, pode ser a melhor opção para economizar dinheiro e ajudar a salvar o planeta!

Gostou dessa solução? Não se esqueça de conferir as outras publicações dessa série sobre cisternas

Comentários: